Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Charlaine Harris - Eu sou a rainha do meu universo

Charlaine Harris conversou recentemente com os fãs num chat promovido pelo Washigton Post e, se muitas respostas foram aquelas que já tantas vezes ouvimos e conhecemos, outras foram surpreendentes e lançaram alguma luz sobre o que poderemos esperar do próximo livro assim como terminará a saga dos livros.  Além disso a autora revelou que é feminista e com orgulho, como é o seu típico de dia de trabalho ou qual foi o personagem que mais se arrepende de ter matado.

Nota: Algumas respostas contém spoilers do 11º livro DEAD RECKONING, que ainda não saíu em Portugal.

 

A série de televisão True Blood

  • Charlaine Harris sabe que a série de TV irá continuar com o Alan Ball como produtor executivo por mais uma temporada e é possível que continue depois disso mas com outro produtor. Ela adora a série, conhece muitas das pessoas envolvidas e tem em grande consideração o talento e o compromisso que têm com a série.
  • Ela sente que aqueles personagens (os da série) são os seus, que lhe pertencem. Eles apenas estão a fazer coisas que ela não planeou que fizessem.
  • Ela está encantada com o facto da série ser tão popular especialmente agora que conhece tantas pessoas que trabalham nela. Nunca imaginou que viessem a ser tão populares, os livros e a série.
  • Está muito satisfeita com a série de TV, especialmente porque a venda dos seus livros aumentou quando esta começou a ser emitida. Ela não diz ao Alan como deve fazer a série de TV assim como ele não lhe diz como deve escrever os livros.
  • O negócio típico da venda de direitos é abdicar do controlo desses mesmos direitos. Isto é simultaneamente bom e mau. Charlaine Harris admite que nada sabe sobre TV ou como escrever argumentos e o Alan sabe, obviamente. A escritora acrescenta: “Eu confio nele. (e por isso é que ele tem “carta verde” em fazer o que quer aos personagens)”. Ela também acha que ele é fiel ao espírito dos livros e é tudo o que ela pede. Isto é típico de qualquer acordo feito com Hollywood.
  • Sim, ela sabia que o Alan e a sua equipa de escritores talentosos iriam seguir a sua própria direcção. É isso que os escritores fazem. “Eu entretenho-me muito mais quando não sei o que vai acontecer”.
  • Já houve muitas mudanças drásticas e irão haver mais, de certeza. Não vamos esquecer que o Alan tem muitos mais livros de onde escolher cenas, se ele assim quiser.

 

Sookie Stackhouse

  • “Eu criei a Sookie e ela vive na minha cabeça e eu crio os seus diálogos enquanto escrevo. Fico contente que a considerem credível e agradável.”
  • A Sookie foi criada com base no facto que ela namorava com um vampiro. Isso significava que de alguma forma ela não conseguia namorar homens “normais”. Namorar um vampiro é algo estúpido e dado que ela não é estúpida, tinha que o fazer por uma razão significativa. Tudo se desenvolveu a partir daí. Gradualmente Charlaine Harris começou a ver o mundo da Sookie e as pessoas que nele vivem. “Foi muito divertido”.
  • Sookie é uma alcunha muito popular no sul dos EUA e a melhor amiga da avó da escritora chamava-se Sookie. Não é um nome estranho mas é invulgar o suficiente para se destacar.
  • Ela não vê a Sookie da TV como uma “dama em apuros”. Para a autora ela é tão corajosa como a Sookie que ela escreve.
  • Sobre os poderes de fada da Sookie, na série: “O Alan tem uma ideia diferente da minha e estou interessada em saber onde é que ele vai com essa ideia”.

 

Sookie e Eric

  • “Porquê Sueco? Porque não? Eu queria um bom e confiante viquingue e fiz uma tonelada de pesquisa para este personagem.”
  • A escritora já não responde a perguntas sobre o elo de sangue existente entre o Eric e a Sookie e este foi quebrado em DEAD RECKONING. “Eu respondi a perguntas sobre o elo de sangue até à exaustão. Expliquei-o frequentemente nas entrevistas e nos livros. Eu simplesmente fiquei farta de explicar algo místico para satisfazer os leitores”.
  • Os livros não são como os romances românticos em que o Eric é o herói: alguns leitores vêm no Eric o típico herói romântico dos livros de romance mas ele é tudo menos isso. Ele é um assassino e é pragmático. Mas ele ama a Sookie. “Nos romances românticos, tudo termina com todos muito felizes, com excepção dos maus da fita, e essa não é a forma como eu escrevo”.
  • “Eu não me surpreendo que o achem atraente porque eu escrevi-o assim. Estranho é que o considerem como um herói romântico, algo que ele não é.”
  • Sobre os eventos pós DEAD RECKONING: “Logo se descobrirá se a Sookie vai ficar com o Eric mesmo que ele não se consiga livrar do casamento e mesmo que ele apenas tenha de ver a esposa duas vezes por ano”.
  • O que podemos esperar do relacionamento algo instável do Eric e da Sookie? “Isso é um ponto chave dos próximos dois livros e por isso não vou revelar mais”.
  • Não é tanto o que o Eric evoluiu ao longo dos livros mas sim o que o leitor está a descobrir aos poucos: as várias camadas que ele adquiriu ao longo das centenas de anos da sua existência. O Eric cuida sempre primeiro do Eric e a seguir da sua filha Pam. Ele tem outro filho que ainda não conhecemos e ele é muito prático. Mas ama a Sookie e  isso cria um conflito enorme nele.
  • Onde é que o Eric escondeu o carro da Debbie? A autora revela “No fundo do lago na propriedade de alguém mas isso é apenas um boato”.

 

Sookie e Bill

  • Quando colocada a questão sobre o Alan Ball querer manter o Bill e a Sookie juntos na série de TV a escritora diz: “Eu não sei bem o que o Alan Ball pretende fazer com isso. O Bill é muito importante para a história, nos livros e na série de TV. Estou interessada em ver qual é a sua conclusão, que pode vir a ser diferente da minha”.
  • Como planeou ela a revelação de que o Bill foi enviado à Sookie a pedido da Sophie-Anne? “Eu sempre soube que havia um segredo terrível no passado do Bill mas não sabia ao certo o que era. Quando estava a escrever o livro eu apercebi-me de repente o que é que ele tinha feito e foi um dia de escrita fantástico para mim”.

 

Sookie  e Quinn

  • O Quinn reaparece no conto SMALL TOWN WEDDING que se encontra no SOOKIE STACKHOUSE COMPANION. Depois disso é incerto.
  • Quando a Charlaine Harris imaginou o Quinn usou o actor Vin Diesel para “modelo” do personagem mas o Dwayne “The Rock” Johnson ou o Jason Mamoa também seriam boas opções.
  • Só o Alan Ball poderá responder se vai haver Quinn na série.

 

Outros personagens

  • A escritora revela que há características em todos os personagens que realmente adora. É sempre divertido escrever a Pam e por vezes, compreender o Bill é muito interessante. Todos eles têm os seus momentos.
  • Se pudesse voltar atrás e mudar algo nunca teria matado a Claudine e não teria criado a ameaça do vírus de sangue que enfranquece os vampiros, porque isso não foi realmente dar a lado nenhum.
  • A Claudine da série é tão diferente da dos livros que nem dá para comparar. “Sempre lamentei tê-la matado, algo que considero hoje um erro”.
  • “Adorava ter pensado na Jessica, adoro-a. Ela é fantástica e perfeita para o Bill, o seu criador contrariado”.
  • Haverá algo de excitante para a Pam nos próximos livros.
  • Veremos o Niall no próximo livro.

 

A mitologia

  • Não havia muitos livros sobre vampiros quando comecei a escrever esta saga, mesmo vampiros “que brilham”, afinal de contas eu escrevi o primeiro livro há quase 30 anos, senão antes. Sim, sempre estive interessada no sobrenatural mas não em vampiros acima dos outros seres sobrenaturais.”
  • Não há cortes de fadas na Saga SANGUE FRESCO. “Nos meus livros, as fadas dividem-se em duas facções: as fadas do céu e as fadas da água”.
  • Um fã perguntou se o facto de existirem tão poucos humanos na saga era por estes serem chatos: “Há muitos humanos na minha mitologia e eles estão longe de ser chatos.”

 

O fim da Saga SANGUE FRESCO

  • No 12º livro a história vai decorrer em Bon Temps.
  • É definitivo que a escritora não considera continuar a saga da Sookie depois do 13º livro. Segundo ela “o escritor deve afastar-se quando disse tudo o que tinha a dizer. Eu consigo visualizar o fim e não seria justo para o leitor eu continuar a saga quando deixasse de ter algo para contar”.
  • Ela sabe como vai terminar a saga desde o segundo livro e por isso prefere dar-lhes um fim em vez de continuar a escrever livros que já não entusiasmam a ela e ao leitor. “Eu já contei a história da Sookie e está na altura de fazer algo diferente.”
  • A escritora também não considera escrever histórias baseadas em algum dos personagens da saga (como por exemplo o Eric) mas não exclui totalmente essa hipótese.
  • Se ela receia como as pessoas vão reagir ao fim dos livros? “Sim, claro”.

 

Terá a Sookie um “final feliz”?

  • “Planeio mostrar aos leitores o rumo do futuro da Sookie no final da saga em 2013”.
  • O que a Sookie procura num par romântico é o que a maioria das mulheres quer: estabilidade, companheirismo e gostava de ter filhos. Ela agora está habituada à aventura e isso pode vir a ser um factor a considerar nos seus relacionamentos.
  • Será que a Sookie vai perceber que a pessoa perfeita para ela sempre esteve ao seu lado, ou seja, o Sam? “Os próximos livros o dirão”.

 

Escrever os livros

  • Charlaine Harris já escreveu muitos livros e é publicada há 30 anos. “Espero sempre aprender algo novo com cada livro e com cada um tento melhorar o meu processo de escrita. É uma evolução contínua. Fico sempre surpreendida com as voltas que a história por vezes dá apesar de saber que tudo tem origem na minha mente”.
  • Como é o seu típico dia de trabalho: “Eu vou para o trabalho às 8 horas da manhã se bem que eu começo a responder a emails antes disso. Trabalho até à hora do almoço, quando faço um intervalo e depois regresso ao trabalho. É muito semelhante ao de toda a gente e como toda a gente eu sou interrompida mais de cem vezes por dia.”
  • Não passou muito tempo desde que imaginou o mundo da Sookie e começou a escrever os livro. “Não sou muito de delinear uma história, eu tenho um plano rascunhado, se muito. Se não tenho um plano, deixo-me levar.”
  • O primeiro livro da Saga SANGUE FRESCO levou mais de dois anos para ser vendido e foi recusado por muitos editores. Foi finalmente vendido à Ace e eles estão satisfeitos com o resultado.
  • “Incluí o Katrina por respeito às pessoas da costa do Golfo, especialmente do Louisiana. Não penso que a inclusão mudou realmente a saga mas era impossível ignorar algo tão catastrófico”.
  • Sobre a possibilidade de a Saga SANGUE FRESCO ter influenciado a Stephanie Meyer: “A Stephanie Meyer não vai às mesmas convenções que eu e ela já disse publicamente várias vezes que não lê outros livros de vampiros”.

As críticas amadoras dos leitores

  • “Eu aprecio o envolvimento dos fãs nos livros e considero isso como um elogio. A grande parte dos escritores sonha com esse envolvimento mas sinto, por vezes, que os fãs não estão a ler os mesmos livros que eu estou a escrever”.
  • “Eu tento não ler essas críticas porque acho que não faz parte do meu trabalho ter de defender as minhas escolhas. Aceitem-nas ou leiam outra coisa. Há muitos livros bons  para ler. Eu sou a rainha do meu universo”.
  • “Eu não gosto de pensar que os leitores estão a “perder algo”. Eu acho que eles chegam com expectativas diferentes. Eu escrevo livros de aventura, não são propriamente de romance”.

Sobre o seu futuro

  • Neste momento a Charlaine Harris está a trabalhar nas alterações editoriais do próximo livro da Sookie, chamado DEADLOCKED que sai em Maio próximo. Depois irá escrever alguns contos para duas antologias e numa novela gráfica intitulada CEMETERY GIRL. Só depois disso é que irá começar a trabalhar no livro final da Sookie.
  • Ela não vai fazer uma pausa depois de terminar a saga da Sookie, deverá a começar a trabalhar e a apreciar em fazer algo diferente.

Podem encontrar a versão original aqui, onde estão muito mais perguntas e respostas porque optei por cortar as repetidas e as menos relevantes.

Comprei agora, no seu lançamento, o SOOKIE STACKHOUSE COMPANION e irei falar sobre este livro brevemente aqui no blog. Até lá, se estiverem curiosos sobre os conteúdos, a autora explica-os neste vídeo:

Categorias:

publicado por sangue-fresco às 10:00
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
2 Dentada:
De Mistica a 26 de Setembro de 2011 às 18:40
Gostei muito, confesso que me despertou a curiosidade para ler os livros...talvez quando a série terminar o faça.


De bexitah a 27 de Setembro de 2011 às 22:39
Embora concorde que muitas das respostas não foram novidade nenhuma (muito por culpa da incapacidade em colocar boas questões verdade seja dita), notei uma ligeira mudança de atitude na Charlaine. Ela agora diz "não gostam da série, não a vejam" quando os fãs apontam os erros da série na adaptação dos livros. Ora isto diz-me que ela tem perfeita noção que os fãs estão descontentes mas não seria muito civilizado se ela viesse publicamente criticar o trabalho do Alan Ball e companhia, não acham? Aliás, toda esta história de "eu gosto muito do trabalho do Alan e dos restantes argumentistas e já sabia que eles iriam seguir a sua própria direcção" e "entretenho-me muito mais quando não sei o que vai acontecer", acredito mesmo que é assim que ela se sente. Afinal, como ela diz, quando se vendem os direitos tudo pode acontecer e eu acho que ela sabia que, eventualmente, a série se iria distanciar da história dos livros. Acho também que, para ela, o manter-se fiel aos livros é manter os nomes e as características básicas das personagens e isso eles têm feito pois... De qualquer modo, ela irá sempre sair a ganhar disto tudo: se as pessoas gostam muito da série, eventualmente algum bookie irá convencê-las a ler os livros porque "se gostas da série também vais gostar dos livros", resultado: novos leitores. Se as pessoas começam a não achar muita piada à série, de certeza que a resposta dos bookies será "então se não gostas da série tens que ler os livros, são muito melhores", resultado: novos leitores! Ela sai sempre a ganhar e a prova disso é o aumento das vendas dos livros, logo o simples facto da série existir (para o bem ou para o mal) é benéfico para ela e seria contraproducente fazer críticas quer em público quer em privado. Quem somos nós para a condenar por isso?
Sookie Stackhouse é só o meu nome preferido nos livros que já li! Só por si só, o Sookie já é altamente, é inovador (eu nunca o tinha ouvido/lido em lado nenhum), fica no ouvido e juntamente com o Stackhouse combina muito bem. Adoro mesmo!
"Ela não vê a Sookie da TV como uma “dama em apuros”. Para a autora ela é tão corajosa como a Sookie que ela escreve.", hmmm yeah, right!!
O facto de haver pessoas que consideram o Eric um herói romântico faz-me imensa confusão admito! "O Eric cuida sempre primeiro do Eric e a seguir da sua filha Pam. Ele tem outro filho que ainda não conhecemos e ele é muito prático.", e foi exactamente neste ponto que a série falhou redondamente!!
"Eu sempre soube que havia um segredo terrível no passado do Bill mas não sabia ao certo o que era", é por isto que a Charlaine nunca teve intenções de escrever o Bill como HEA da Sookie! Como ela já disse imensas vezes, ela sabe como irá acabar a saga desde o 2º livro e se ainda havia esperanças de a Sookie acabar com o Bill acho que ficaram dissipadas aqui!
"Se pudesse voltar atrás e mudar algo nunca teria matado a Claudine e não teria criado a ameaça do vírus de sangue que enfranquece os vampiros, porque isso não foi realmente dar a lado nenhum.", a morte da Claudine foi um choque enorme para mim, foi a primeira vez que chorei a ler um livro da Sookie... A cena do vírus tinha imenso potencial mas é realmente uma pena que ela nunca mais tenha pegado nisto. Lá está, são as tais sementes que ela vai plantando à espera que elas cresçam e as bombas que ela coloca no jardim à espera que lhe expludam na cara! Adoro esta afirmação dela (está no Companion da Sookie btw)."Eu escrevo livros de aventura, não são propriamente de romance", ÁMEN!! O facto do HEA da Sookie ser a coisa mais importante do mundo para muitos fãs, ao ponto de dizerem que se ela e o Eric não ficarem juntos vão queimar os livros, deixa-me extremamente triste. Estes livros são muito mais do que livros de romance!


Comentar post

Email
Follow Me!

pesquisar neste blog

 

Últ. comentários

Olá eu quero muiito compra um frasco de sague de v...
alguem pf tem o 13} em pdf e em port. eu preciso '...
Eu ainda vou a menos de meio dos livros e por isso...
canada goose image zen-o central park
Eu, simplesmente, deixei de criar expectativas com...

Categorias

1 temporada(19)

1 vol. - sangue fresco(13)

10 vol. - segredos de sangue(7)

11 vol. - sangue ardente(3)

12 vol. - sangue impetuoso(2)

2 temporada(31)

2 vol. - dívida de sangue(13)

3 temporada(160)

3 vol. - clube de sangue(14)

4 temporada(154)

4 vol. - sangue oculto(17)

5 temporada(119)

5 vol. - sangue furtivo(6)

6 temporada(46)

6 vol. - traição de sangue(10)

7 temporada(25)

7 vol. - sangue felino(24)

8 vol. - laços de sangue(8)

9 vol. - sangue mortífero(6)

charlaine harris(91)

comic con 2009(4)

comic con 2010(6)

comic con 2011(3)

comic con 2012(6)

comic con 2013(1)

comic con 2014(2)

contos - um toque de sangue(4)

correio(7)

crónicas sf(10)

elenco(84)

fanart(31)

fanfic colaborativa(1)

fãs(83)

guia(2)

merchandising(7)

mini-episódios(13)

mov(6)

notícias(134)

opinião(31)

passatempo(62)

personagem(10)

prémios(8)

promoção(4)

rtp1(6)

s05e01(2)

sábado fangtástico(18)

série de tv(39)

the sookie stackhouse companion(1)

universo sf(23)

todas as tags

Arquivos

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Sangue Fresco on Facebook

Visitantes: