Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2012

[Spoilers] Sinopse de "Deadlocked" pela Amazon UK

 

Sookie tem a investigação de um assassinato em mãos. Uma jovem morreu numa festa de vampiros - e parece que o seu namorado, Eric, pode ser o responsável. Eric jura que não foi ele, a polícia não acredita nele e até mesmo Sookie não está tão certa da sua inocência. Nem está inclinada a acreditar na palavra dele uma vez que o apanhou a alimentar-se da jovem rapariga, minutos antes de ela ser encontrada morta. Mas algo de estranho se está a passar. Porque foi Sookie convidada para a fatídica festa uns minutos mais cedo - para apanhar Eric no acto? E porque razão tinha a vítima misturado algo no seu sangue antes de se aproximar de Eric? Simplesmente para ser mais irresistível ou algo mais sinistro? Sookie vai ter de descobrir o que se está a passar… mas este não é o momento certo para investigações, já que as fadas da sua família estão com problemas para os quais Sookie é, inevitavelmente, atraída. E há mais uma complicação. O cluviel dor que a sua avó lhe deixou. Ele tem o poder de lhe conceder um desejo, que poderá estar relacionado com o que vai no coração de Sookie. O único problema é que ela ainda não sabe o quê - ou quem - está no seu coração…

 

É esta a sinopse avançada pelo site da Amazon UK mas ainda não há qualquer confirmação de que seja a sinopse oficial. No entanto, tendo em conta que em anos anteriores estas sinopses sempre se mostraram fidedignas, é provável que se venha a confirmar ser a oficial. O que acham desta sinopse? É bem mais completa que aquela avançada em Novembro, no entanto, não menciona nem Bill nem o misterioso inimigo de Sookie... Deixem as vossas impressões nos comentários.

 

Fonte: sookieverseblog

Categorias:

publicado por bexitah às 14:40
link do post | Dê a Sua Dentada | ver Dentadas (8) | favorito
| | Partilhar
Domingo, 26 de Fevereiro de 2012

Notícias e novidades da semana

A faltar aproximadamente 4 meses para a estreia da 5ª temporada, continuamos a receber notícias e novidades todas as semanas. Desta vez, tempos novidades de casting, possíveis spoilers, confirmações de notícias já divulgadas e fotos dos bastidores!

  • Algumas fãs sortudas tiveram a oportunidade de confraternizar com os nossos vampiros preferidos após as filmagens. É sempre bom confirmar que, embora as suas personagens estejam muitas vezes em lados opostos, Stephen Moyer e Alexander Skarsgård continuam bons amigos e dispostos a brincar um com o outro.
  • É oficial, Alan Ball deixou de ser um dos escritores de True Blood. Continuará no cargo de produtor-executivo mas deixará de escrever os habituais 2 episódios por temporada. Alegadamente o cansaço foi o motivo da saída mas esta notícia não é de estranhar uma vez que Alan Ball tem uma nova série a estrear, Banshee, e provavelmente não conseguiria continuar nas duas séries.
  • Sarah Newlin, poderá voltar a True Blood. Pelo menos é a indicação da actriz Anna Camp quando confrontada com o possível regresso da esposa de Steve Newlin. Diz a actriz que, caso a personagem apareça na 5ª temporada, Sarah terá um plano de vingança contra Steve e Jason. Já em relação a também ter sido transformada em vampira, Anna diz que espera que Sarah continue humana.
  • Ontem foi dia de Independent Spirit Awards e Alexander Skarsgård esteve presente com o seu irmão Gustaf. Infelizmente, o seu filme Melancholia não recebeu o prémio para melhor filme para o qual estava nomeado.
  • Charlaine Harris deu uma entrevista esta semana onde fala um pouco de tudo: livros, série e Alan Ball.
  • A HBO Watch voltou a elaborar um artigo bastante interessante sobre True Blood. Desta vez não lista as personagens que deveriam morrer na próxima temporada mas sim 5 razões pelas quais a série não será cancelada tão cedo. Vale a pena dar uma vista de olhos ao artigo e conferir a votação que, de momento, tem uns impressionantes 39% dos votos a favor da imortalidade da nossa série preferida!!

E agora sim, as notícias de casting:

 


publicado por bexitah às 19:45
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012

Charlaine Harris - Eu sou a criadora


O jornal Orlando Sentinel entrevistou Charlaine Harris, que se encontra em Orlando para o SleuthFest, uma conferência anual dos escritores do género mistério, e a escritora da saga Sangue Fresco aproveitou para falar um pouco de True Blood, do criador da série Alan Ball e do próximo livro, Deadlocked. Aqui ficam as perguntas e as respostas desta entrevista.

 

Orlando Sentinel: Você é muito prolífica. Qual é o seu segredo?

Charlaine Harris: Este é o meu trabalho, é o que faço todos os dias. É o que faço há já 33 anos. Eu trabalho principalmente de manhã, um pouco à tarde também. Se conseguir fazer 8 páginas então é um grande dia, mas agora o meu tempo é muito mais exigente do que em anos anteriores. Faço muitas entrevistas, converso com os meus agentes, muitas vezes tenho que resolver dúvidas da minha editora. Visito sempre o meu site oficial (charlaineharris.com) e respondo a perguntas. Esta rotina parece nunca acabar. É um bom problema para se ter.

 

OS.: Quais os efeitos de True Blood na sua carreira?

CH.: Os livros da saga Sangue Fresco já vendiam bem antes da série de televisão, mas True Blood levou a uma maior exposição mediática e consequentemente a mais leitores. E mais pessoas começaram a ler os meus outros livros. Foi algo maravilhoso para a minha conta bancária.

 

OS.: O que você começou a fazer por causa da série?

CH.: Tantas coisas. Já apareci na série e já participei em eventos com o elenco. É um mundo muito diferente e do qual eu nunca pensei vir a fazer parte. Eu vou a uma festa deste mundo e sinto-me o primo mal vestido.

 

OS.: Pode-nos revelar alguma coisa sobre o próximo livro, Deadlocked, o 12º livro certo? (Com data de lançamento para 1 de Maio)

CH.: É o penúltimo livro, o que lhe dá logo um pouco de peso. Vai atar algumas pontas soltas nesta longa saga e responder a perguntas que os leitores tiveram ao longo destes anos. Há acção mas também existem decisões a serem tomadas sobre questões antigas.

 

OS.: Vai terminar no 13º livro?

CH.: Em 2013 hahaha

 

OS.: Você planeou isto desta forma?

CH.: Oh, eu não faço muitos planos. O meu contrato vai acabar. Tenho a certeza que a minha editora ficaria muito feliz [com mais livros], mas eu sinto que já disse tudo o que tinha a dizer sobre a Sookie e o mundo dela. Eu odeio fazê-lo apenas pelo dinheiro. Não que eu não queira o dinheiro, eu odeio é a ideia de arrastar algo por essa razão.

 

OS.: Já disse que sabe como a saga irá acabar. Você sempre o soube?

CH.: Sim, provavelmente desde o 2º livro, eu tive logo uma ideia de como os livros acabariam. Mas é ultra secreto.

 

OS.: Há algum livro da saga que seja o seu favorito?

CH.: Nem por isso. Há coisas em todos eles de que me orgulho, um momento que escrevi bem, em que senti que acertei no alvo.

 

OS.: A série de televisão tem beneficiado da tensão entre os vampiros Bill e Eric. Quão central é este confronto na sua história?

CH.: Eles [os actores] são maravilhosos, mas a história é muito diferente da minha história. Na minha cabeça, nunca existiu a situação Bill vs. Eric!

 

OS.: Como a Sookie mudou com o passar do tempo? É mais divertido escrevê-la agora?

CH.: Eu não escrevo a Anna Paquin, eu escrevo a Sookie Stackhouse! A Sookie é sempre divertida de escrever. Ela está a crescer, a mudar, ela é muito forte, é uma rapariga muito feminina. A Sookie ficaria bem sozinha sem um homem na sua vida. Ela gostaria de ter um relacionamento mas isso não é necessário para a felicidade dela.

 

OS.: Está feliz com as decisões que Alan Ball, o produtor executivo de True Blood, tem tomado?

CH.: Claro que já pensei sobre isso. Eu gosto muito do Alan. Acho que ele é um génio. Ele fez boas decisões para televisão, não está conscientemente a tentar imitar os livros. Isso seria aborrecido para ele e aborrecido para mim. Se eu soubesse de tudo que iria acontecer porque razão assistiria à série? Os espectadores e os leitores estão a ter duas experiências distintas.

 

OS.: Ele é descrito como o criador mas eu penso na Charlaine como A criadora.

CH.: Eu sou a criadora. Quando visito o set eles chamam-me The Maker. Mas ele é o criador desse mundo visual, sem qualquer dúvida. Veio tudo da cabeça dele e do seu talento para contratar as pessoas certas para os lugares certos.

 

OS.: Em que está a trabalhar de momento?

CH.: Agora ando a trabalhar com o Christopher Golden numa personagem completamente nova, a banda desenhada Cemetery Girl. Tenho aprendido muito. O formato é muito diferente de escrever um livro ou um conto. Tudo o que se escreve tem de ser feito numa imagem. Estamos a trabalhar bem, acabámos de entregar as primeiras 40 páginas e o artista gráfico começou o seu trabalho. Estou também a trabalhar no último livro da Sookie.
Estou ansiosa para chegar ao SleuthFest, ouvi tantas coisas boas dos meus amigos escritores sobre esta conferência. Estou ansiosa por ver alguns amigos e por falar com leitores que queiram saber mais sobre a maneira como trabalho.

 

OS.: É muito fácil de falar consigo.

CH.: Muitas pessoas dizem-me que sou parecida com as suas tias.

OS.: Isso é um elogio?

CH.: Eu não conheço as tias delas…

 

Esta entrevista não nos diz nada de novo é verdade mas o que acharam do pormenor de a Charlaine Harris afirmar que na cabeça dela nunca houve uma escolha entre Bill e Eric? Sendo este mesmo confronto o grande catalisador de discussões de fãs de ambos os lados?

 

Fonte: Orlando Sentinel

Categorias:

publicado por bexitah às 23:29
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Notícias e novidades da semana: série e livros

O frio aperta, o verão parece uma miragem distante mas a pouco e pouco as novidades vão surgindo, tanto dos livros como da próxima temporada. Aqui ficam as novidades desta semana:

  • Dia 1 de Maio sai Deadlocked, o 12º livro da Sookie Stackhouse (Sangue Fresco) nos EUA, mas até lá Charlaine Harris soma e segue: a escritora partilhou na página do facebook que o “The Sookie Stackhouse Companion” foi nomeado para um Agatha na categoria de não-ficção.

  • Anne Rice, autora que ficou famosa com o seu “Entrevista com o Vampiro” é grande fã de True Blood, como já sabemos e, revelou há dias que adorava aparecer na série de TV, nem que fosse num pequeno papel a... entrevistar um vampiro! Até agora tudo o que ela conseguiu foi que o Joe Manganiello a acompanhasse até à mesa numa sessão de autógrafos. É um começo!

  • A HBO Watch dedicou um artigo sobre quem deveria morrer na 5ª temporada de True Blood e  dos vários nomes foram propostos Bill foi o mais votado, com 58% para morrer. Acho que já ninguém se surpreende com resultados destes.

  • Parece mesmo verdade que o próximo grande casal será o Eric e o Bill, mais ao estilo de bromance do que propriamente romântico, claro. Isso confirmou Alex esta semana enquanto andou por Nova Iorque a promover o próximo filme, Battleship: “Já estão a filmar o 4º episódio da 5ª temporada e têm muitas cenas juntos. O Eric está agora muito intrigado pelo Bill.” Já Stephen Moyer revelou que “algo acontece no início da temporada que muda de novo o relacionamento de Bill e Sookie.” Oh-uh?

E por fim, as novidades de casting:

 


publicado por sangue-fresco às 15:20
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

Um toque de Sangue - Opinião

O livro de contos da saga Sangue Fresco, intitulado Um toque de Sangue, chegou às livrarias no dia 20 de Janeiro e de certeza que muitos de vocês já o leram. Eu também já o li, embora já conhecesse os contos dos originais em inglês, mas uma segunda (terceira?) leitura não me custou nada, muito pelo contrário! É um livro simples, muito acessível e leve, com 5 pequenas histórias do dia-a-dia da nossa heroína preferida que nos dão a conhecer algumas aventuras assim como novas personagens.

É constituído por 5 contos: Pó de fada, Noite de Drácula, Resposta de uma palavra só, Sorte e Presente embrulhado (pela ordem cronológica em que ocorrem entre os livros da saga Sangue Fresco). Em Pó de fada, conhecemos Claude, irmão gémeo da fada Claudine, e somos transportados para um crime a necessitar urgentemente da telepatia da Sookie para conhecer uma resolução. São revelados também mais aspectos desta raça de sobrenaturais como a forma como as fadas perecem e todo o ritual pós-morte. Em Noite de Drácula, naquele que será porventura o conto mais engraçado do livro, Eric organiza uma festa no Fangtasia em honra do Conde Drácula e são vários os momentos propícios a gargalhadas com toda a pompa e circunstância da festa. Embora também seja um conto com um tom leve, gostei particularmente do detalhe dado à decoração no Fangtasia! O meu conto preferido acaba por ser Resposta de uma palavra só em que é dada a Sookie a notícia da morte da sua prima Hadley. É o conto mais sério e mais adulto do livro e que de uma assentada introduz personagens novas, histórias que se prolongarão por, pelo menos, dois livros (Traição de Sangue e Sangue felino) e dá-nos breves vislumbres de quem foi Hadley enquanto humana e vampira. Gostei particularmente da alusão à Rainha do Vodu Marie Laveau e da introdução da Rainha Sophie-Anne. Sorte tem a participação da bruxa Amelia, companheira de casa da Sookie e, à semelhança de Pó de fada, tem um crime a precisar de ser desvendado no centro da narrativa. A juntar à telepatia da Sookie temos a bruxaria da Amelia a dar uma ajuda (ou não!) na resolução do caso e uma breve aparição de um vampiro recém-formado. Neste último ponto está o factor menos positivo deste conto para mim uma vez que foi uma oportunidade perdida de explicar um pouco como se desenvolve a inserção de um novo vampiro na sociedade mas a autora não terá querido envolver os vampiros neste conto, centrando-se mais nas bruxas. Finalmente, Presente embrulhado é uma história que conta com a breve presença de Nial, avô da Sookie, e é o conto mais centrado na nossa protagonista. Com ambientes e situações muito familiares aos leitores (com uma espécie de recriação de cenas de Sangue oculto), mostra-nos uma Sookie muito solitária na época do Natal sem perder, no entanto, o sentimento de ajuda ao próximo que tanto a caracteriza. Tenho que salientar também que este conto é o primeiro do Sookieverse a conter outro ponto de vista que não o da Sookie, o que por si só já o torna diferente.

De um modo geral e como já referi, é um livro leve e simples, que se lê muito bem e rapidamente, com a escrita de Charlaine Harris sempre muito característica e acessível. É um belo complemento à história da saga propriamente dita, até pelo carácter mais informativo de alguns contos, como Pó de fada (uma vez que conhecemos Claude ao pormenor mais tarde) ou Resposta de uma palavra só (em que ficamos a saber da morte da Hadley, tema principal do livro Traição de Sangue). Como ponto negativo, tenho que salientar o tom da narrativa que me pareceu por vezes um pouco “desligado” do tom da saga, quase como se não fosse a “nossa” Sookie do costume a narrar os acontecimentos e este facto é bem mais perceptível quando se lê os contos enquadrados com os livros da saga. A justificar esta crítica poderá estar o facto de estes contos não terem sido escritos pela ordem em que ocorrem, com a autora a escrever primeiro Pó de fada e Resposta de uma palavra só e só depois Noite de Drácula, por exemplo. Outro ponto que tenho que salientar e que está mais relacionado com questões editoriais prende-se com o facto de este livro ser uma adaptação directa do livro de contos A touch of Dead e não uma compilação de todos os contos (e uma novela) que Charlaine Harris já escreveu. Para quem conhece este universo sabe que Charlaine já escreveu mais dois contos e uma novela narrados pela Sookie e que ainda existem contos que se passam no mundo em que Sookie vive mas com outros protagonistas. Mesmo que o The Sookie Stackhouse companion (que inclui a novela Small-town wedding e fala um pouco de todos os contos escritos por Charlaine Harris) seja um dia publicado em Portugal (e isto é uma suposição), ficarão sempre dois contos por publicar em português: If I had a hammer e Two blondes. A não ser que Charlaine volte a publicar outra compilação de contos e que esta seja adaptada para português, teremos sempre esta lacuna na saga em Portugal.

 

E vocês já leram o livro? O que acharam? Partilhem nos comentários a vossa opinião e se tiverem blogs com a vossa opinião, partilhem os links também.


publicado por bexitah às 11:44
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

A pós-produção em True Blood

Por vezes ficamos tão absorvidos (e consumidos) com o enredo que é complicado não ver além disso e apreciar a qualidade de todos os elementos que compõem esta série: desde o guarda-roupa, os cenários e até aos efeitos especiais, tudo tem de se conjugar para tornar este universo tão real e credível.

 

Aqui fica um vídeo muito interessante sobre a pós-produção em True Blood onde é explicado como se fizeram as possessões e as fogueiras.


publicado por sangue-fresco às 21:55
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012

Os mesmos livros com novas capas

Grande novidade chegou com a newsletter das novidades para Fevereiro da Saída de Emergência: Os livros de Sangue Fresco vão ser reeditados com novas capas, utilizando as imagens da 2ª temporada da série de TV True Blood. Com estas imagens das capas só vinha a sinopse da saga e mais nenhuma informação quanto ao tamanho dos livros ou à periodicidade do lançamento destes.

 

 

 

É uma boa oportunidade para quem ainda não começou a sua colecção de o fazer agora. Que acham desta novidade?

 

Obrigada à Célia da Estante de Livros pela informação!

 

Nota: Informaram-me da Editora Saída de Emergência que estas são sobrecapas, à semelhança do que tem sido feito com as edições da "Guerra dos Tronos".


publicado por sangue-fresco às 16:03
link do post | Dê a Sua Dentada | ver Dentadas (17) | favorito
| | Partilhar
Email
Follow Me!

pesquisar neste blog

 

Últ. comentários

Olá eu quero muiito compra um frasco de sague de v...
alguem pf tem o 13} em pdf e em port. eu preciso '...
Eu ainda vou a menos de meio dos livros e por isso...
canada goose image zen-o central park
Eu, simplesmente, deixei de criar expectativas com...

Categorias

1 temporada(19)

1 vol. - sangue fresco(13)

10 vol. - segredos de sangue(7)

11 vol. - sangue ardente(3)

12 vol. - sangue impetuoso(2)

2 temporada(31)

2 vol. - dívida de sangue(13)

3 temporada(160)

3 vol. - clube de sangue(14)

4 temporada(154)

4 vol. - sangue oculto(17)

5 temporada(119)

5 vol. - sangue furtivo(6)

6 temporada(46)

6 vol. - traição de sangue(10)

7 temporada(25)

7 vol. - sangue felino(24)

8 vol. - laços de sangue(8)

9 vol. - sangue mortífero(6)

charlaine harris(91)

comic con 2009(4)

comic con 2010(6)

comic con 2011(3)

comic con 2012(6)

comic con 2013(1)

comic con 2014(2)

contos - um toque de sangue(4)

correio(7)

crónicas sf(10)

elenco(84)

fanart(31)

fanfic colaborativa(1)

fãs(83)

guia(2)

merchandising(7)

mini-episódios(13)

mov(6)

notícias(134)

opinião(31)

passatempo(62)

personagem(10)

prémios(8)

promoção(4)

rtp1(6)

s05e01(2)

sábado fangtástico(18)

série de tv(39)

the sookie stackhouse companion(1)

universo sf(23)

todas as tags

Arquivos

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Sangue Fresco on Facebook

Visitantes: