Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

Alexander Skarsgard no Rio de Janeiro

 

Eu acho que ouvi deste lado do Atlântico o grito das fãs brasileiras quando souberam a notícia há umas horas atrás: o Alex decidiu ir visitar o pai que está no Rio de Janeiro a filmar e passar lá uma semana.

Ah... imaginam o Alex na praia, a correr de manhã e a bronzear-se? Pois, tirando o facto que está a chover no Rio agora, tudo o resto é capaz de acontecer. Excepto o bronzear-se também!!

E nós? Vamos alugar um avião da TAP e tirar uma semaninha de férias também? Ou esperar as fotos das fãs brasileiras a fazerem inveja?

 

Fonte

Categorias:

publicado por sangue-fresco às 22:06
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
Domingo, 16 de Outubro de 2011

Quero!!

 

Visto aqui

Categorias:

publicado por sangue-fresco às 20:06
link do post | Dê a Sua Dentada | ver Dentadas (4) | favorito
| | Partilhar
Sexta-feira, 7 de Outubro de 2011

Wallpapers da 4ª temporada

Podem fazer download de todos os wallpapers aqui no site oficial de True Blood.

Categorias:

publicado por sangue-fresco às 13:41
link do post | Dê a Sua Dentada | ver Dentadas (1) | favorito
| | Partilhar
Quarta-feira, 5 de Outubro de 2011

Análise à 4ª temporada de True Blood (Parte 4) - Reflexões finais

 

Avanço temporal: as temporadas anteriores decorreram num período aproximado de 8/9 semanas e era necessário fazer as personagens “respirarem” para haver crescimento e desenvolvimento. Fiquei entusiasmada com as portas que se abriam com esta oportunidade e nem fiquei desiludida com o pouco recurso feito aos flashbacks para ficarmos a par do que tinha acontecido naquele ano em que a Sookie esteve em Faery. No entanto, chego ao final da temporada a pensar se terá sido mesmo a melhor decisão dos argumentistas. Afinal, não passou um ano para a pessoa que mais precisava de desenvolvimento e de crescimento pessoal, a Sookie.

 

Enredos secundários: ora, para que servem as personagens secundárias? Para serem isso mesmo, personagens secundárias, com enredos que suportem a história principal. Não para ocuparem metade de um episódio com histórias pouco relevantes para o quadro geral da temporada ou então com enredos tão mal construídos que metem dó. Os argumentistas parecem não saber balançar o que será importante mostrar ao espectador e o que deve ser mantido num plano mais secundário. Felizmente, o número de personagens foi diminuindo, principalmente na recta final, e o aparecimento de personagens de temporadas anteriores permite “reciclar” vilões sem introduzir novas personagens que levariam ao mesmo problema. A decisão de diminuir o elenco da série (tanto personagens novas como aquelas de raiz) é bem-vinda e espero que se mantenha na 5ª temporada.

 

Descaracterização das personagens e falta de consistência dos enredos e personagens: nesta temporada, mais do que em qualquer outra, notei muita descontinuidade na caracterização das personagens. Ora num episódio diziam uma coisa e no seguinte contradiziam-se (e o mesmo para acções), ou então faziam algo que ia contra a sua própria personalidade só para proporcionarem momentos televisivos mais emocionantes, ou o já habitual denegrir uma personagem para elevar a personalidade de outra. Estes aspectos foram particularmente visíveis no episódio Soul of fire onde tivemos personagens a tomarem decisões sem nexo algum e sem um pingo de inteligência quando já demonstraram vezes sem conta serem personagens calculistas que pensam antes de agir. Depois, temos sempre a inconsistência de personagens e enredos que já vem sendo uma característica da série (infelizmente): a Sookie a dizer que o Bill a magoou imenso mas dando alguns sinais de o querer de volta (She’s not there), o Bill a dizer à Sookie que o Eric tem amigos na Autoridade (You smell like dinner) mas a ficar surpreendido quando a Pam menciona este facto (And when I die) ou o facto de o Alcide não cheirar a Debbie em forma de lobo a segui-lo (Spellbound), são alguns dos exemplos. O facto de esta série ter 6 argumentistas (e este número já foi mais elevado em temporadas anteriores) sempre me levantou bastante curiosidade e alguma apreensão e este ano, infelizmente, tive ainda mais motivos para ter receio. Não sei se será falta de comunicação entre os argumentistas ou visões diferentes de enredos e personagens mas o facto de eles já terem admitido que as ideias surgem durante o processo de escrita e sem um planeamento prévio (vindo a público quando falaram do facto de terem decidido tornar o Lafayette um médium já com a temporada a decorrer) deixa-me algo nervosa.

 

Citações: esta temporada tivemos grandes falas e diálogos, a maioria cómicos como esta série já nos vem habituando. Claro que a maioria pertence à Pam mas tivemos também grandes tiradas do Lafayette, Jason e Nan. Alguns Muitos exemplos por ordem de aparecimento:

  • That tree with the plaid shirt, it has a name? (Pam)
  • Did I miss something? Are we girls now? Did we join a book club and read some queer chicklet memiorss and are bound together by estrogen or sisterhood some other feminist drivvle? (Pam)
  • Y'all looking for a dead body? (Eric)
  • Why is he getting undressed and if he’s not part of the baby makin’ why is he getting undressed? (Jason)
  • Well, that was saucy! (Eric)
  • I will give you 24 hours to deliver that witch to me, and if you don’t, I will personally eat, fuck and kill all three of you. (Pam)
  • Leave the sun and water? No! I'll just kill all the sea monsters... Gators? KROKODILLEEEEER!? Show yourselves! Cowards! (Eric)
  • Stop sayin’ fuck, I can’t concentrate. (Marnie)
  • Oh, good, the world needs more beekeepers! (Bill)
  • Maybe God’s punishing me for having too much sex. God’s sayin’ “Jason Stackhouse you have fucked too many women now let’s see how you like it.” (Jason)
  • It’s in the ten commandments, don’t kill shit and don’t fuck with you parents, I did both. (Tommy)
  • Eric, snap the fuck out of it! You have no loyalty to Bill Compton, you are a Viking Vampire God and bow to no one. (Pam)
  • Go shift, kill stuff, do whatever werewolves do. I got this. (Sookie)
  • You fucking cunt! I’m going shove my hand up your ass and use you as a hand warmer. (Pam)
  • How can I say this in a way you won’t misinterpret… Fuck you! (Luna)
  • Jesus, Tits and God America, Jason! (Andy)
  • I got a theory. When you guys role play does Lafayette ever turn into a woman names Mavis? (Jason)
  • Marnie just puked a bitch out. (Lafayette)
  • Holy Shit Gentleman, do no tell me you’d put our entire species at risk for a gash in a sundress? (Pam)
  • You can’t trade magic like fucking pokemon cards. (Jesus)
  • Excuse me, we’re feeling a little crispy up here. (Eric)
  • I am so over Sookie and her precious fairy vagina and her unbelievably stupid name. Fuck Sookie! (Pam)
  • Hi Nan! And gay stormtroopers. (Eric)
  • Why bother, when your tongue’s already up his ass. (Nan)

 

Construção dos episódios: este ano senti muita desconexão de episódio para episódio e mesmo entre segmentos do mesmo episódio que não senti tanto nas outras temporadas. Ainda assim, aquilo que mais me incomodou foram algumas transições bruscas entre segmentos, o que dá a sensação de não existir coesão e fluidez, e quebras de ritmo que se notavam muito. Óbvio que este é, maioritariamente, um problema técnico mas os directores dos episódios também têm influência no resultado final de um episódio...

 

Sangue, violência e sexo: não é apenas por estes aspectos tão característicos da série que aguardo 9 meses por novos episódios mas que eles têm um grande peso não o nego! E nunca estiveram tão em foco como este ano, umas vezes usados na medida certa, outras vezes nem tanto, forçando até o espectador a fechar os olhos. As cenas do apodrecimento da Pam foram do melhor que se viu em televisão este Verão, muito sangue correu em 12 episódios e também se viu muito, muito sexo este ano! A melhor cena da temporada para mim está no episódio Soul of fire e tem o Eric e o coração do pobre Roy como protagonistas!!

 


O melhor enredo: Bruxas (na primeira metade da temporada)

O melhor episódio: Episódio 7, Cold grey light of dawn

As melhores personagens: Eric e Pam

O pior enredo: Plano de fertilidade em Hotshot

O pior episódio: Episódio 9, Let's get out of here

As piores personagens: Melinda e Joe Lee Mickens


 

Balanço final

Não foi a melhor temporada da série mas também não foi a pior. Aquilo que me fica mais na memória é o facto da temporada não ter tido um pico de qualidade (que, em anos anteriores, ocorreu por volta dos episódios 8 ou 9), prometeu muito ali pelo episódio Cold grey light of dawn, elevando as expectativas e deixando o espectador em pulgas para ver o que resultaria daquela história das bruxas, mas, deste episódio em diante, a qualidade caiu bastante. Ainda assim, tivemos 3 ou 4 episódios muito bons (season premiere, You smell like dinner, I'm alive and on fire e Cold grey light of dawn) e mesmo a season finale, não tendo sido propriamente um grande episódio, foi a conclusão mais satisfatória de uma temporada nesta série. Começo a notar algum cansaço na série e, com a retirada do Alan Ball do cargo de produtor no final do próximo ano, talvez esteja na altura de se começar a atar histórias e a pensar numa conclusão para a série.


Expectativas para a 5ª temporada

Bem, as expectativas por estes lados continuarão baixas mas não serão baixas pelo decréscimo da qualidade. É uma opção pessoal para não ficar desiludida tão depressa por ter criado expectativas que acabam por se revelar inatingíveis. Os cliffhangers desta temporada que me deixaram realmente em pulgas são apenas dois, os regressos do Russell e do Steve Newlin como vampiro. Relativamente às outras pontas soltas, tenho uma ligeira curiosidade sobre como a Tara voltará, qual o seu estado e qual o impacto desta situação na vida dela e das pessoas que a rodeiam, quero saber como o Bill e o Eric vão resolver esta guerra iminente com a Autoridade e como a Pam enfrentará a crise na sua relação com o Eric. Espero ver uma Sookie mais madura e independente e a ser uma verdadeira protagonista com a qual o espectador simpatize, quero ver mais desenvolvimento para a Jessica e quero saber qual o papel do Lafayette daqui para a frente. De um modo geral, quero uma série consistente, com uma boa escrita e que não sacrifique as personagens em prol de histórias mal idealizadas.

Categorias:

publicado por bexitah às 14:13
link do post | Dê a Sua Dentada | ver Dentadas (7) | favorito
| | Partilhar
Email
Follow Me!

pesquisar neste blog

 

Últ. comentários

alguem pf tem o 13} em pdf e em port. eu preciso '...
Eu ainda vou a menos de meio dos livros e por isso...
canada goose image zen-o central park
Eu, simplesmente, deixei de criar expectativas com...
Quais são as vossas expectativas, pessoal do blogu...

Categorias

1 temporada(19)

1 vol. - sangue fresco(13)

10 vol. - segredos de sangue(7)

11 vol. - sangue ardente(3)

12 vol. - sangue impetuoso(2)

2 temporada(31)

2 vol. - dívida de sangue(13)

3 temporada(160)

3 vol. - clube de sangue(14)

4 temporada(154)

4 vol. - sangue oculto(17)

5 temporada(119)

5 vol. - sangue furtivo(6)

6 temporada(46)

6 vol. - traição de sangue(10)

7 temporada(25)

7 vol. - sangue felino(24)

8 vol. - laços de sangue(8)

9 vol. - sangue mortífero(6)

charlaine harris(91)

comic con 2009(4)

comic con 2010(6)

comic con 2011(3)

comic con 2012(6)

comic con 2013(1)

comic con 2014(2)

contos - um toque de sangue(4)

correio(7)

crónicas sf(10)

elenco(84)

fanart(31)

fanfic colaborativa(1)

fãs(83)

guia(2)

merchandising(7)

mini-episódios(13)

mov(6)

notícias(134)

opinião(31)

passatempo(62)

personagem(10)

prémios(8)

promoção(4)

rtp1(6)

s05e01(2)

sábado fangtástico(18)

série de tv(39)

the sookie stackhouse companion(1)

universo sf(23)

todas as tags

Arquivos

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Sangue Fresco on Facebook

Visitantes: