Terça-feira, 28 de Dezembro de 2010

Os 10 momentos mais marcantes da 3ª temporada de Sangue Fresco

Estamos a chegar ao final do ano e há listas do melhor e pior de 2010 em todo o lado. E se fizéssemos a nossa lista? Vamos eleger os 10 momentos ou situações mais marcantes da 3ª temporada da série Sangue Fresco. Vou sugerir 20 momentos, com algumas reflexões minhas, e estão à vontade para acrescentar sugestões vossas. Para votar até ao final do ano!

 

1. Eric, Ivetta e Sookie na masmorra

Depois de vermos o Lafayette a tirar uma anca metálica da perna de um redneck que o Eric tinha desfeito, a masmorra não parecia um dos locais mais higiénicos ou sedutores para o sexo. Mas, como ele é vampiro e ela uma stripper cirurgiã cardiovascular de um qualquer obscuro país de Leste, o cenário até pareceu credível. Com contornos sado-masoquistas e sexo à velocidade de vampiro, a cena mostra o quanto a Sookie está empenhada em descobrir o paradeiro do Bill, mesmo depois de ver "aquilo" que o Eric tem para oferecer.

 

 

 

 

2. Sam tem um sonho erótico com Bill

Depois da quantidade de sangue do Bill que Sam ingeriu no final da 2ª temporada veio a resposta à pergunta: então e será que o Sam também vai ter sonhos escaldantes com o Bill da mesma forma que a Sookie teve com o Eric? Bem... ficamos a saber que a água no Arkansas é muito dura e que o Sam nunca mais verá o Bill da mesma forma.

 

 

3. Há bares e há o "Lou Pine's"

Enquanto que no livro "Clube de Sangue" grande parte da acção decorre no bar exclusivo a sobrenaturais, na série foi reduzido a um bar para lobisomens, arruaceiros e com aspecto de motoqueiros. Mas não deixa de ser um local perigoso e Sookie depressa descobre a verdade por detrás da expressão: "Meter-se na toca do lobo".

 

 

4. Bill torce o pescoço a Lorena

Depois de mais um diálogo cheio dos lamentos do Bill sobre como a Lorena lhe roubou a humanidade ele demonstra até que ponto os vampiros são apenas uma imagem do que fora antes humano, torcendo o pescoço de Lorena, de uma forma que mataria qualquer humano, num acto misto de dor e ódio por ela e por ele mesmo.

 


5. O que raio é a "Autoridade"?

Durante o interrogatório ao Eric, a "Autoridade" surge como um conjunto de pessoas observando um ecrã gigante, sentados numa mesa com monitores. Poucas informações existem sobre a "Autoridade" e para que ela serve: existe há poucas centenas de anos e funciona como entidade reguladora para todos os vampiros, que vivem na América, pelo menos. Assim, além dos Xerifes como Eric e Godric, também existem Reis e Rainhas e Magistrados. Sabemos apenas todos eles devem obedecer à "Autoridade" e a Nan Flanagan é o rosto da mesma.

 

 

6. A Debbie Pelt é uma loba psicótica e ciumenta

Terminou com o Alcide para se juntar ao Cooter mas quando vê o ex com outra mulher, a Sookie, passa-se dos carretos. Para piorar a situação, a Sookie ao tentar salvar o Bill leva a que o Alcide mate o Cooter. E quem é que ela procura para se vingar? A Sookie claro! A luta é digna de um filme de Tarantino e tudo aponta a que teremos muito pior na próxima temporada.

 

 

7. Tara esmaga a cabeça do Franklin

Acho que a cena fala por si: farta do terror de Franklin, a Tara usa a maior arma que encontra (e que por acaso estão na parede mesmo ali ao dispor de qualquer um) e foge da mansão. A cabeça de Franklin fica uma espécie de papa mas ninguém explicou à rapariga que não é assim que se mata um vampiro?

 

 

8. Lorena tortura o Bill

A última amostra de poder que a Lorena tem sobre Bill, em que cada corte que inflinge nele é como se fosse uma facada dada a si mesma. Porque Lorena ama-o, criou-o e é seu, e sofre porque esse amor não é reciproco. Mesmo nessa cena percebe-se que, mesmo assim, só o Bill amou e compreendeu a Lorena.

 

 

9. Bill ataca a Sookie

Talvez uma das cenas mais esperadas pelos fãs dos livros, a cena do ataque de Bill à Sookie acabou por não sendo aquilo que esperávamos ou melhor, que tivesse as consequências que deveria ter tido. Numa série que pretende chocar e provocar em todos os episódios, o ataque do Bill acabou por ser limitado à drenagem do sangue sem a violação. Pior, começa porque a Sookie corta a mão para o salvar, algo que a Sookie dos livros NUNCA faria. A Sookie não é assim tão burra nos livros, mas na série a sua personagem foi constantemente sacrificada de forma a salvar a personagem do Bill.

 

 

10. Sookie e Bill reconciliam-se

Novamente, à semelhança da cena anterior, mais uma prova da divergência entre a personagem Sookie nos livros e na série. Nos livros nunca houve reconciliação com o Bill após o ataque. Ela nunca age impulsivamente quando se sente ameaçada. A cena foi tão desnecessária que deve ter deixado 90% dos espectadores confusos e sem dúvida que muitos fãs abandonaram a série a partir desse ponto. Foi demasiado Bill...

 


 

11. O pai do Sam tem uma roupa interior nojenta

A sério, porque é que tivemos que levar com a imagem daquela roupa interior acinzentada constantemente? Não havia outras formas de mostrar o quanto o homem tinha uma higiene pobre? Outras formas que não me fizessem mal à vista? Todo o enredo dos Mickens foi miserável: uma familia do pior com um segredo medonho. Deu pena e nojo.

 


 

 

12. Em Hotshot reina os freaks, o incesto e a droga

Eu não esperava que Hotshot fosse tão mau. Estava à espera de uma localidade pequena cheia de gente esquisita (devido à consanguinidade) mas todo este enredo das drogas e da violência doméstica e abusos de toda a espécie que nos foi apresentada foi algo demais. Foi demais e pouco interessante, pois esteve afastado do enredo principal da história o tempo quase todo.

 

 

 

13. Eric mata Talbot

Já tínhamos especulado sobre a sexualidade dos vampiros: é algo realmente definido? Ao fim de 1000 anos, interessa realmente se são hetero ou homossexuais? Acho que não. Não foi por isso muito surpreendente que o Eric seduzisse o Talbot para atacar o Russell mas foi sem dúvida surpreendente até onde os rapazes foram para fazer a cena. Muita muita pele e depois, uma estaca bem enfiada...


14. Russell arranca a coluna vertebral do apresentador de notícias

WOW, foi tão repentino! E acho que ninguém estava à espera daquilo. Mas, melhor do que a cena gore foi mesmo todo o discurso, e a forma como foi interpretado, com a coluna na mão, qual ceptro de um Rei. Russell mostra perante o mundo o verdadeiro rosto dos vampiros, atirando assim mais achas para a fogueira daqueles que os odeiam.

 

 

15. O reino das fadas

A sério? Isto são as fadas?! Parecem saídas de um anúncio de champô, tão leves e frescas que elas são. Totalmente estranho e bizarro, o reino das fadas encaixa melhor num filme da Disney do que no universo da Sookie, mas... quem nos garante que se manterá assim?


 

 

16. O Filho do Mal

Renée, o nosso vilão psicopata da primeira temporada é o pai do bébé da Arlene e ela está convencidíssima que a criança irá ser má como o pai. Determinada a cortar o mal pela raiz, envolve-se numa cerimónia wiccan para abortar a criança e assim deixa que o tema da bruxaria entre na série, para ser dada a continuidade na 4ª temporada.

 


 

 

17. Bill atira o Eric para o cimento

Começa com um aperto de mão, quase como se fosse um acto de tréguas. Aquilo que parecia um final feliz transforma-se em dois segundos em algo surpreendente: Bill é mais traiçoeiro do que parece e um inimigo a não menosprezar. Imitando a voz do Eric ordena a morte de Pam e condena o Eric à sua prisão de cimento.


 

 

18. Sookie expulsa o Bill de casa

O santo Bill é desmascarado: Regressou a Bon Temps porque a rainha sabia que a Sookie era especial e ela queria-a. Isto dá vontade de rever novamente todo aquele diálogo entre ele e a Rainha no final da 2ª temporada. Deixou que os Rattrays lhe dessem uma tareia para lhe poder dar o seu sangue (alguém se lembra do sermão da 2ª temporada depois do Eric ter enganado a Sookie a sugar as balas do peito?) e todo aquele aviso que irá manter afastados todos aqueles que conhecem o segredo dela pareceu-me mais uma ameaça do que outra coisa. Acho que a Sookie reagiu bem, muito bem, considerando o domínio que ele tinha sobre ela. Agora apenas resta saber quanto tempo irá demorar.

 

 

19. O Sam não é assim tão bonzinho

Afinal o Sam também tem um passado obscuro em que matou pessoas. A temporada termina com a dúvida se também matou o Tommy ou não. Não é triste que uma das poucas personagens que toda a gente unanimemente gostava acabou por ter sido também distorcida? Precisávamos realmente que também o Sam fosse um bad boy? Quem resta afinal, como bom?

 

 

20. O fim

Desamparada e mais sozinha que nunca, Sookie parte para o Reino das Fadas deixando-nos desamparados durante 9 meses. Hum.... a sério? É este o final? As opiniões dividiram-se com um ponto em comum: "é um bom final mas desinteressante" e "é um mau final desinteressante". Depois de uma temporada sem rumo e com muitos altos e baixos, parece que poucos estão interessados em saber para onde foi a Sookie e quanto tempo lá vai ficar.

 

Categorias:

publicado por sangue-fresco às 23:41
link do post | Dê a Sua Dentada | favorito
| | Partilhar
6 Dentada:
De Ana Rita Martins a 29 de Dezembro de 2010 às 01:13
Ahahahahah amei as reflexões  de cada um destes momentos maravilha  ainda estou ligeiramente indecisa entre os que escolher mas vou pensar bem nas que escolho


De bexitah a 29 de Dezembro de 2010 às 09:27
Eu também tive dificuldades em escolher 10 momentos, não porque estivesse indecisa em escolher só 10 mas porque para mim não existem os tais 10 que me tenham realmente marcado. As únicas cenas que para mim fazem a 3ª temporada mostrar algum valor e promessa de um futuro melhor são a cena do Russell na tv (é a minha cena preferida da 3ª temporada e provavelmente a minha cena preferida de 2010, adoro mesmo) e toda a história da traição do Beeell que nunca pensei que fossem lá (ou pelo menos, desta forma...). Adorei as reflexões sobre cada momento, concordo muito com quase todas, principalmente Hotshot, os Mickens, as "fadas", o Beeell e a Lorena e o Sam. Agora é esperar que alguns destes pontos sejam mantidos e alguns (bastante) alterados ;)


De WhiteLady3 a 29 de Dezembro de 2010 às 13:04
Russell rules! Toda a cena foi simplesmente fantástica e, para mim, a mais marcante de toda a série. Em segundo lugar o sonho do Sam...

Quanto ao final, realmente não foi dos melhores mas espero que as coisas mudem um pouco. Gosto de sangue, gore e sexo, mas também gostava da história e nesta terceira temporada parece que mandaram a história às urtigas para termos sangue e sexo. Meus amigos, podem distribuir tudo em doses moderadas! Não é preciso exagerar umas em detrimento das outras e pode até existir espaço para crescimento de personagens (sim, estou a olhar para a Tara e para o Sam)! Vamos a colocar a série nos eixos, sim? Não é que tenha desgostado mas sei que podem fazer melhor.


De Catubodva a 29 de Dezembro de 2010 às 18:49
Adorei as reflexões, tive aqui uns momentos bem divertidos! :) Concordo plenamente com tudo!
Em relação à votação realmente para mim foi dificil escolher os 10 melhores momentos. Indiscutívelmente o Russel na tv foi fantástico, a cena da masmorra deixou-me em delírio fervoroso (porque será?), assim como a cena entre o Eric e o Talbot. Tivemos momentos cómicos o sonho erótico e a Debbie à porrada para mim entram nesta categoria, gostei igualmente de ver as "true colors" (melhor que nada)do Beell e tivemos as cenas que me deixaram pensativa (Autoridade e tortura da Lorena ao Bill).
Votei ainda para outros, que acho que foram importantissímos. Então e a cena do primeiro beijo REAL entre o Eric e a Sookie ?? E a fantasia??? E porventura o último talvez supere os referidos acima, e o diálogo todo protector/honesto/vulnerável do Eric no alpendre???? Adoro aqueles lampejos do Eric dos livros.... :) Alguém concorda?


De Ana Rita Martins a 29 de Dezembro de 2010 às 20:46
Apoiado, cenas de Eric foram óptimas =)


De Pedro André a 30 de Dezembro de 2010 às 20:24
Devo dizer que adorei a maior parte das cenas tirando algumas como a aquela da roupa interior do pai do Sam, ou aquela do mundo das fadas, ou aquele em que o Eric mata o Talbot e sem dúvida nenhuma o fim. Para mim foram as piores. De resto adorei todas as outras, e concordo com algumas das notas. As minhas preferidas são a 4, a 6, a 7, a 8 a 14 e a 19.
Como cenas marcantes, acho que todas são válidas ou então não teriamos nós andado semanas a comentá-las nos chats e nas reviews que cada um escrevia. Que gostem ou não isso aí é discutível. Acho que todas tiveram a sua maneira de ser. Não gostei de algumas, como já referir, outras seriam desnecessárias como a da reconciliação entre o Bill e a Sookie, mas para mim todas foram marcantes.
De ressalvar que acho que um momento simples e que define True Blood pela sua originilidade era sem dúvida o Franklin a escrever uma sms à velocidade da luz. Foi sem dúvida um must e marcante, porque sempre que estou mais distraido e que dou por mim a escrever sms's dou por mim a lembrar me dessa cena que foi muito engraçada.

Para acabar, quero desejar um feliz 2011 a todos os quantos aqui visitam o blog e para a nossa administradora, que continue o bom trabalho e que no vá mantendo sempre contacto com os seus posts e as suas actualizações.


Comentar post

Email
Follow Me!

pesquisar neste blog

 

Últ. comentários

alguem pf tem o 13} em pdf e em port. eu preciso '...
Eu ainda vou a menos de meio dos livros e por isso...
canada goose image zen-o central park
Eu, simplesmente, deixei de criar expectativas com...
Quais são as vossas expectativas, pessoal do blogu...

Categorias

1 temporada(19)

1 vol. - sangue fresco(13)

10 vol. - segredos de sangue(7)

11 vol. - sangue ardente(3)

12 vol. - sangue impetuoso(2)

2 temporada(31)

2 vol. - dívida de sangue(13)

3 temporada(160)

3 vol. - clube de sangue(14)

4 temporada(154)

4 vol. - sangue oculto(17)

5 temporada(119)

5 vol. - sangue furtivo(6)

6 temporada(46)

6 vol. - traição de sangue(10)

7 temporada(25)

7 vol. - sangue felino(24)

8 vol. - laços de sangue(8)

9 vol. - sangue mortífero(6)

charlaine harris(91)

comic con 2009(4)

comic con 2010(6)

comic con 2011(3)

comic con 2012(6)

comic con 2013(1)

comic con 2014(2)

contos - um toque de sangue(4)

correio(7)

crónicas sf(10)

elenco(84)

fanart(31)

fanfic colaborativa(1)

fãs(83)

guia(2)

merchandising(7)

mini-episódios(13)

mov(6)

notícias(134)

opinião(31)

passatempo(62)

personagem(10)

prémios(8)

promoção(4)

rtp1(6)

s05e01(2)

sábado fangtástico(18)

série de tv(39)

the sookie stackhouse companion(1)

universo sf(23)

todas as tags

Arquivos

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Sangue Fresco on Facebook

Visitantes: